Hospedagens do Centro Histórico receberam fiscalização do Procon para evitar cobranças abusivas dura


A ação toma como base o artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor, que considerava irregular a elevação de preços de produtos ou serviços sem justa causa, bem como a existência de vantagem excessiva.

O Procon deu início nesta segunda-feira (27.05) às notificações aos meios de hospedagens do Centro Histórico para garantir que não haja cobrança abusiva durante a alta temporada e a Bauernfest.

A notificação é para que os 31 meios de hospedagens do Centro – hotéis, pousadas e hostels - informem suas tabelas de preços praticados nos meses de março, abril e maio e a que está sendo praticada para junho, além da tabela de tarifa cheia. A intenção é verificar se o aumento praticado, comum com a alta temporada, esteja acima da regularidade, sendo considerado abusivo.

O Procon solicita que a população denuncie qualquer irregularidade encontrada na hora de realizar as reservas. O endereço é a Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria, 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também têm como opção o WhatsApp denúncia pelo (24) 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.

Foto: reprodução internet

#cidade

Tel:  (24) 2242-1558

End : Rua Washington Luiz, 391

Petrópolis - Brasil

@2018 Jornal dos distritos

  • Google+ - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle