Programa “Cidades Empreendedoras” estuda estratégias para o fortalecimento da agricultura familiar


Nesse ano, o poder público já investiu R$ 1,6 milhão na compra de alimentos provenientes da agricultura familiar, com o objetivo de garantir o uso de produtos de qualidade na merenda escolar do município, mas, com a intenção de aumentar a compra desses produtos e estimular o crescimento da produção rural na cidade, um plano de ação está sendo estruturado pelo poder público com e Sebrae.

O plano de ação está sendo estruturado por integrantes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Secretaria de Educação.

Um dos pontos que serão estudados no plano de ação refere-se ao uso de orgânicos na merenda escolar. Uma das ideias é identificar os produtos que recebem uma maior quantidade de agrotóxico para que, futuramente, possam ser substituídos por produtos orgânicos e usados na rede municipal.

“Outro ponto em estudo é a construção de entreposto, onde os produtos comprados para a merenda passariam por uma inspeção antes de serem encaminhados às escolas, disse o diretor do Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, José Maurício Soares.

“O Sebrae continua o trabalho em conjunto com as Secretarias de Educação e Desenvolvimento Econômico para fomentar a agricultura da cidade beneficiando principalmente a merenda escolar”, contou Bruno Souza, analista do Sebrae RJ.

A ação é uma continuidade do programa “Cidades Empreendedoras”. O game, promovido pelo Sebrae tem como objetivo de engajar a gestão pública e lideranças locais, para que sejam criadas e implantadas políticas públicas voltadas para micro e pequenas empresas, melhorando assim o ambiente empresarial das regiões. Quando o game “Cidades Empreendedoras” do Sebrae começou, em 2017,


Tel:  (24) 2242-1558

End : Rua Washington Luiz, 391

Petrópolis - Brasil

@2018 Jornal dos distritos

  • Google+ - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle