banner tere 2
banner tere 2

Super Terê Frutas
Super Terê Frutas

Solar do Carangola
Solar do Carangola

banner tere 2
banner tere 2

1/13

O Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram) realiza atendimento psicológico, jurídico e so


Apenas nos primeiros dois meses deste ano, 104 atendimentos foram realizados (sem contabilizar atendimentos pelo telefone de emergência e pelo Ônibus Lilás) pelo órgão, que em 2017 atendeu 454 mulheres.

Ligado ao Gabinete da Cidadania, o Cram atua em consonância com o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher (Comdim), promovendo o resgate à cidadania e oferecendo suporte para as mulheres que são vítimas de qualquer situação de violência, garantindo que a vítima não volte à relação abusiva.

Com advogada, psicóloga e assistentes sociais, a equipe do órgão tem como objetivo o amparo à mulher que denuncia violência, seja ela física, moral, verbal ou patrimonial, garantindo que a vítima não desista do caso. Em 2017, o Cram realizou 454 atendimentos, e em 2018 atendeu 104 casos apenas nos dois primeiros meses, apresentando um aumento de mais de 100% com relação ao mesmo período do último ano.

Em março, comemora-se o dia internacional da mulher, que em Petrópolis conta com programação ao longo de todo o mês. As celebrações contam com palestras, ações em locais de grande movimento e a presença do Ônibus Lilás em bairros afastados. Até o momento, foram realizadas ações do ônibus em Secretário, Posse e Carangola, totalizando sete atendimentos.

O Ônibus Lilás leva a equipe do Cram a localidades afastadas do Centro, oferecendo assistência, distribuindo material de orientação e realizando palestras sobre o funcionamento do órgão e de outros serviços de defesa e proteção das mulheres. O veículo possui duas salas para atendimento, banheiro e cozinha. Além disso, um toldo, que pode abrigar até 24 cadeiras, pode criar uma sala de espera ou um ambiente para que sejam realizadas palestras.

Neste sábado (17.03), o equipamento esteve presente no sertão do Carangola, onde foi realizada ação social com diferentes órgãos públicos. Na ocasião, quatro mulheres buscaram ajuda por parte do Cram. O ônibus contou também com visitação por parte dos presentes, onde foi explicado o funcionamento do mesmo.

O telefone de emergência do órgão é (24) 98839-7387, disponível para chamadas de voz, mensagens de texto ou WhatsApp. Vale ressaltar que o contato é exclusivo para emergências. Para denunciar ou solicitar informações, pode-se ligar para o telefone 2243-6152 ou comparecer à sede do Cram, localizada na Rua Santos Dumont, número 100, no Centro. O funcionamento é de segunda a sexta, de 8h às 17h. Caso se sinta violentada de alguma forma, a mulher pode contatar a Polícia Militar pelos números 2291-5071, 2242-8005 ou 180, além de poder contatar via WhatsApp a emergência da Polícia Militar, pelo número (24) 99222-1489.

Foto reprodução: ufal.edu.br


1c1ec9ee-8b53-4c36-8751-134bdbc44c01.jpg