Mais de 80 empresários – a maioria micro e pequenas empresas – conheceu nesta quinta-feira linhas de


O encontro com técnicos do Banco Nacional de Desenvolvimento Nacional foi realizado depois de pedido do prefeito Bernardo Rossi ao presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro. Hoje, 95% do número de operações do BNDES são para micro e pequenas empresas, dado apresentado pelos técnicos do BNDES no encontro, no auditório do Centro de Moda e Serviços da Rua Teresa.

A meta foi aproximar empresas destes portes às linhas de financiamento do BNDES para modernização e expansão dos negócios e, consequentemente, maior geração de emprego. Logo após a apresentação os empresários interessados já foram atendidos no próprio local por funcionários da CEF e Banco do Brasil, instituições aptas a fazer os financiamentos, um diferencial neste tipo de evento.

Representando o prefeito Bernardo Rossi, o vice-prefeito, Baninho, agradeceu a atenção dos técnicos do banco. “Para que a cidade continue crescendo, temos que buscar alternativas para ajudar os empresários petropolitanos. Essa é uma delas, a aproximação com o banco e a desmistificação sobre as linhas de crédito disponíveis para todos os setores. É um marco esse encontro na nossa cidade”, disse.

Atendendo a um pedido do BNDES, representantes dos bancos parceiros, como Caixa Econômica e Banco do Brasil estiveram no evento para tirar dúvidas sobre os pedidos de linhas de crédito. Foram montadas baias para atendimento e muitos empresários, na hora, já puderam conferir os financiamentos, vindos do BNDES, mas que são feitos por instituições bancárias.

De acordo com o BNDES, podem solicitar financiamento Micro Empreendedores Individuais (MEI), produtores rurais e associações. Claudio Rabelo falou sobre as linhas BNDES Finame, BNDES Giro e BNDES Automático, além do cartão BNDES. A linha específica para produtores rurais será o tema de um outro encontro que será marcado pela prefeitura com o técnicos do BNDES.

Ainda de acordo com Claudio Rabelo, o cartão BNDES é operado por quase todos os bancos. É necessário fazer o cadastro do site do BNDES para solicitar o cartão. “Funciona como um cartão de crédito e pode ser utilizado para a compra de material de construção e compra de insumos para determinados setores, como por exemplo, o têxtil. O financiamento pode ser feito em até 48 vezes e com taxa de juros de 1,48% ao mês”.

O BNDES Automático é utilizado para financiar projetos de investimentos para ampliação de negócios e o BNDES Finame tem como objetivo financiar máquinas e equipamentos. Já o BNDES Giro é um programa de capital de giro utilizado por vários setores. Para solicitar o financiamento o empresário deve procurar o agente financeiro credenciado ou acessar o canal do desenvolvedor MPME e encaminhar uma proposta (site do BNDES). Informações também podem ser adquiridas através do posto de informações da FIRJAN (postobndes@firjan.com.br).

Fotos: Marcello Santos


Tel:  (24) 2242-1558

End : Rua Washington Luiz, 391

Petrópolis - Brasil

@2018 Jornal dos distritos

  • Google+ - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle