A operação “Saturno” - União de Guarda Civil e forças policiais para combater o tráfico de drogas em


Operação que prendeu 20 pessoas de uma rede de tráfico de drogas foi possível com a integração entre agentes de Guarda, PRF, PM e delegacias

A integração que acontece atualmente entre Guarda Civil, Polícia Militar e as duas delegacias do município – e que essa semana contou ainda com Polícia Rodoviária Federal – foi fundamental para tirar da cidade 20 pessoas que integravam uma quadrilha responsável pela distribuição de dois a três quilos de cocaína por semana. Durante a operação, outras duas pessoas foram presas em flagrante por posse de entorpecentes e mais oito foram conduzidas para 105ª DP, no Retiro, para prestarem depoimentos. Também houve a apreensão de 871 pinos de cocaína, 41 tabletes de maconha e sete munições calibre 38.

“A Guarda Civil tem participado ativamente das atividades de segurança pública do nosso município. Desde o início do ano a gente vem buscando cada vez mais essas parcerias. Isso vem mudando a cidade a cada dia e já apresenta resultados muito positivos. E é por isso que nós continuamos buscando atualizar o aparelhamento da corporação”, analisa o comandante da Guarda, Jeferson Calomeni.

Essas apreensões aconteceram em operações organizadas em conjunto com a Polícia Militar. Também é ao lado da PM que a Guarda realizou outras ações este ano, como choque de ordem e ronda escolar. A Polícia Civil recebe diversas ocorrências atendidas pela Guarda – só ao longo de 2017, foram mais de 250 chamados nas ruas.

Para a operação Saturno, a participação do sistema judiciário também foi fundamental: a 1ª e a 2ª varas criminais expediram 40 mandados de prisão e 10 de condução coercitiva, que foram cumpridos em 17 locais.

De acordo com a Polícia Civil, a maior parte das drogas eram trazidas para Petrópolis da favela Parque União, que fica em Duque de Caxias. O município também trabalha para coibir este problema. Um dos caminhos é o sistema de monitoramento que a cidade vai implantar e que vai permitir observar a movimentação de entrada e saída do município. Serão 85 pontos com câmeras, entre eles, os pórticos do Bingen e do Quitandinha.

Parte deste resultado ocorre com a contribuição da sociedade. O grupo “Todos por Petrópolis”, por exemplo, reúne empresários que ajudam as forças de segurança com insumos para a realização dos trabalhos na cidade. As policias Civil e Militar já receberam doações de jogos de pneus, remas e produtos de limpeza, entre outros materiais. Ao mesmo tempo, o 26º BPM conseguiu ampliar em 8% a presença nas ruas, saltando de 377 para 408 PMs.

A população tem diversos canais disponíveis para se comunicar com as forças de segurança. Além do 190, a Polícia Militar em Petrópolis possui um contato por WhatsApp: 9 9222-1489. Outro caminho é o telefone 2242-2416. As delegacias atendem pelos números 2242-2566 (105ª) e 2232-0143 (106ª), respectivamente. Para falar com a PRF, o contato é 191 ou (21) 3503-2367 / 3503-2366. Já a Guarda Civil pode ser contatada pelo 153, 2246-9254 ou 2246-9257.


Tel:  (24) 2242-1558

End : Rua Washington Luiz, 391

Petrópolis - Brasil

@2018 Jornal dos distritos

  • Google+ - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle