Briga entre ex-militantes, deixa em dúvida a permanência do secretário municipal de Educação


O TSE confirmou a inelegibilidade do ex- vereador Anderson Juliano, que teve cassado o registro de sua candidatura em 2016. A Lei Orgânica do Município LOM, impede a nomeação de pessoas que"tenham sido condenadas, "em decisão transitada em julgado o com sentença proferida por instância recursal da Justiça Eleitoral". Yuri Moura, que foi membro da direção do PT municipal protocolou requerimento pedindo esclarecimentos, e certidões, sobre o motivo da manutenção do secretário no cargo. A Coordenadoria de Comunicação do prefeito declarou que "O secretário Anderson Juliano permanece à frente da Secretaria de Educação".


Tel:  (24) 2242-1558

End : Rua Washington Luiz, 391

Petrópolis - Brasil

@2018 Jornal dos distritos

  • Google+ - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle