Crise na saúde: Contratações das UPAs tem mais um capítulo.


A Prefeitura Municipal de Petrópolis está sendo questionada pelo Ministério Público do Trabalho, (MPT) sobre a forma de contratação que o Consórcio Saúde Legal, que venceu a licitação, pretende utilizar em relação aos médicos e funcionários das duas UPAs. Ao mesmo tempo, os médicos da rede municipal entraram na segunda-feira (2/10) em estado de greve, pelo reajuste e reposição salarial e pagamento de férias atrasadas. "O estado de greve, que vale para os médicos de ambulatório e postos de saúde, mas não para os de unidades de emergência, é a preparação para a paralisação das atividades, na quarta-feira, uma reunião vai definir os próximos passos" Declarou o presidente do Sindicato dos Médicos, Mauro Peralta.


Tel:  (24) 2242-1558

End : Rua Washington Luiz, 391

Petrópolis - Brasil

@2018 Jornal dos distritos

  • Google+ - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle