Obras do PAC das encostas serão retomadas em Setembro no Atílio Marotti e Brigadeiro Castrioto.


Mais duas obras do PAC Encostas devem ser retomadas ainda em setembro. As intervenções no Atílio Marotti e na Brigadeiro Castrioto (Floresta), que fazem parte do lote 2 do investimento federal na cidade, já estão com recursos de R$ 3,3 milhões liberados pelo Ministério das Cidades. Reuniões com equipes técnicas de Obras, Ministério das Cidades e CEF são permanentes. Nesta terça-feira (05.09) mais um desses encontros foi realizado. No total, o programa investe R$ 60,2 milhões na contenção de encostas em 14 obras na cidade.

Serão implantadas barreiras dinâmicas que são telas de alta resistência sustentadas por pilares que servem para segurar pedras possam se desprender de maciços rochosos. Elas são responsabilidade da empresa Erwil.

Logo depois dessas duas, o município vai trabalhar para que outra intervenção desse lote possa recomeçar: a construção de uma cortina atirantada e um sistema de drenagem para a comunidade do Neylor (Retiro). Do lote 2, apenas a obra da Rua Capitão Danilo Paladini (São Sebastião) foi concluída – o local também recebeu uma barreira dinâmica. O governo federal investe R$ 21,5 milhões nessas quatro obras.

As obras do PAC das Encostas foram paralisadas no fim do ano passado por causa do arresto para pagamento do funcionalismo e estão sendo retomadas desde agosto, após o governo Bernardo Rossi recompor os valores de R$ 5,8 milhões. No lote 3, por exemplo, a construção das barreiras dinâmicas na Rua Eugênio Werneck (Morin) e na Av. Getúlio Vargas (Quitandinha) tiveram reinício no mês passado.

Além do PAC Encostas, o município trabalho para que outras obras pudessem sair do papel. É o caso da intervenção na Rua Desembargador Luiz Antônio Severo, em Itaipava, fruto de emenda parlamentar e que começou após o governo garantir o pagamento da contrapartida de R$ 12 mil. No Dr. Thouzet, uma obra esperada por moradores há 12 anos no Sítio do Pica-Pau foi iniciada no mês passado.

A cidade também já conseguiu emendas de R$ 1,8 milhões para obras de contenção na Castelânea e no Siméria e busca recursos de R$ 165 milhões junto ao Ministério das Cidades para intervenções preventivas em 25 bairros e outros R$ 36 milhões para sete locais dentro do programa de Recuperação e Reabilitação do Ministério da Integração Nacional. Fotos: Marcello Santos


Tel:  (24) 2242-1558

End : Rua Washington Luiz, 391

Petrópolis - Brasil

@2018 Jornal dos distritos

  • Google+ - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle