Dirigentes da Cruz Vermelha, que administrava o serviço e teve prorrogação emergencial, são presos p


UPAs: Continua a preocupação. Dirigentes da Cruz Vermelha, que administrava o serviço e teve prorrogação emergencial, são presos por irregularidades em Brasília. Enquanto o secretário de saúde do governo anterior, Ricardo Patuléa, declarou na imprensa que o valor proposto pela nova administradora é inviável, pois só na folha salarial a Cruz Vermelha gastava 1 milhão por mês, e o novo valor total será R$ 1.100.000,00; Foi divulgada ontem a prisão de pessoas ligadas à direção da Cruz Vermelha, por irregularidades na administração de UPAs em Brasília. Uma auditoria nas contas do serviço na Cidade Imperial seria bem-vinda.


Tel:  (24) 2242-1558

End : Rua Washington Luiz, 391

Petrópolis - Brasil

@2018 Jornal dos distritos

  • Google+ - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle