Funcionários demitidos do SESC não recebem direitos trabalhistas.


Por medidas de austeridade, depois do desvio de 46 milhões da Fecomércio, que é investigado pelo TCU, 900 pessoas foram demitidas no Estado, em Petrópolis foram mais de 90 no Quitandinha e Nogueira, que estão funcionando com metade dos vigilantes. Os funcionários não conseguiram receber seus direitos, junto à empresa Hércules Vigilância, terceirizada do Sesc, e agora terão que entrar na justiça.


Tel:  (24) 2242-1558

End : Rua Washington Luiz, 391

Petrópolis - Brasil

@2018 Jornal dos distritos

  • Google+ - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle